A Lingua Arabe

Aprender árabe é difícil, dizem que é um dos idiomas mais difíceis que existe, e eu concordo!!!

O árabe, além de não usar o nosso alfabeto, tem a escrita da direita para esquerda. Então para uma pessoa que aprendeu a ler e escrever da esquerda para direita, a dificuldade começa por ai.

Depois que eles não tem todas as nossas vogais, só o A, I e U, para ajudar tem uns acentos que também servem de vogal e ninguém põe acento quando se escreve, então você tem que descobrir ou decorar a palavra. Delicia!!!!

Outra coisa, tem uns 5 tipos de R, um que não pode mexer o sininho da garganta, outro que tem som de quando se esta com frio e quer esquentar as mãos, outro que é o “gugu” que é o som que os bebês fazem, e assim vai.

Calma que tem mais, tem o árabe clássico, que só é usado em jornais, livros, documentos. Cada país árabe tem o seu árabe próprio, os egipcios falam um dialeto e os libaneses outros, assim como o pessoal dos golfo outro. Então se você aprendeu árabe no Egito, não vai sair entendendo todo mundo.

Se você sabe o clássico, e vai falar na rua, o povo vai te achar maluco, pois ninguém fala o clássico nas ruas.

Outro dia no mercado (acho que ando indo muito ao mercado….kkkkkk…. só falo dele….kkkkk), fui pedir licença para uma senhora, só que nao lembrava no popular e pedi em clássico, a mulher me olhou com uma cara de interrogação e eu sai rindo.

É claro que se você falar com outra pessoa que seja árabe, ela vai te entender, mas você nao vai entendê-la, o que dá no mesmo.

Quando você assiste televisão por aqui, cada canal fala um tipo de idioma, fica complicado até nisso.

O mais legal é que a maioria fala inglês, entao…ufaaaaa!!!!!

Dá pra se virar bem com um inglês.

Beijos e fiquem com Deus

Share on Google+Share on FacebookTweet about this on TwitterPin on PinterestPrint this pageEmail this to someone